Vá de bici: parque e bar para locais no Brooklyn encanta no pôr do sol

A chegada do calor permitiu que eu e meu marido adquiríssemos um novo hábito: alugar as bicis do CitiBike (não é à toa que eu gosto tanto do verão de Nova York, né?). O esquema é simples: basta chegar em uma das estações – é bom checar a disponibilidade de bicis pelo aplicativo – e seguir as instruções na tela. O passe de 24 horas custa US$ 12 mais impostos e a máquina só aceita cartões de crédito, cobrindo uma caução de US$ 101 que é ressarcida depois da devolução da bicicleta. Depois de completar o procedimento, você receberá um código que vai liberar a bici escolhida por viagens ilimitadas de meia hora: cada 15 minutos extra custam US$ 4.

Depois de cumprirmos o ritual acima, eu e o marido partimos para o Brooklyn cruzando a Williamsburg Bridge. Menos popular entre os turistas (mas com uma vista tão bonita quanto a da ponte do Brooklyn), fica mais fácil de trafegar por lá. A dica é retornar na estação logo após a ponte (nem precisa trocar de bicicleta, é só colocar de volta e repetir o procedimento, desta vez sem pagar) para seguir tranquilo sem pagar os US$ 4.

img_1539

O caminho, que fomos checando pelo aplicativo do Google Maps, é quase todo composto por ciclofaixas e os motoristas respeitam muito mesmo quando não existe a via para ciclistas – e até eu, o suprassumo da falta de coordenação, consigo percorrer longas distâncias sem sobressaltos. Fomos descobrindo vários lugares interessantes na rota, mas focamos no destino final porque eu não queria perder o pôr do sol visto do WNYC Transmitter Park.

img_1536

Ok, o nome não é dos melhores, né? A área verde inaugurada em 2012 entre Greenpoint e Williamsburg foi assim batizada por ter sido endereço das torres de transmissão da rádio pública de Nova York. Hoje, tem pracinha para as crianças com tema náutico, um píer onde muita gente pesca, bancos e gramado para receber toalhas de piquenique e locais a fim de desopilar depois de um dia de trabalho.

Logo ao lado, fica o The Brooklyn Barge, uma barcaça transformada em bar, com múltiplas opções de cerveja, aberto das 11h às 2h diariamente; e um food truck nem sempre disponível – o que permite que os frequentadores peçam delivery para forrar o estômago enquanto tomam um chopp observando a skyline de Manhattan. Ah! Eles também oferecem, de terça a domingo, a partir das 10h ao pôr do sol, aulas de stand up paddle no East River.

img_1529-1

E mais uma dica boa do NYlikealocal: neste final de semana (17 a 19 de junho), a San Pellegrino está oferecendo passes diários gratuitos do CitiBike para quem se cadastrar neste link. A previsão é de muito sol, vamos?

Advertisements

2 comments

Submit a comment

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s