Halloween: saiba como participar do desfile de fantasias de Nova York

Uma das programações mais divertidas para esta época do ano, sem dúvidas, é o Halloween. A celebração do mês de outubro vai desde decorações assustadoras nas portas das casas até a marcha que reúne cerca de 60 mil participantes e 2 milhões de espectadores todos os anos. É impossível não entrar no clima da tradição que está na cidade desde 1974. Se você estiver em Nova York no dia 31, não deixe de vestir qualquer fantasia ou adereço para poder desfilar ao longo do percurso.

Em um trajeto de 1,6 quilômetros, o desfile começa na Spring Street e vai até a 16th Street, sempre pela Sexta Avenida. Descendo na estação Spring Street, a dica é seguir o fluxo para chegar até a entrada para o desfile do evento. A marcha de Dia das Bruxas ocorre sempre no dia 31 de outubro, das 19h às 23h. Não precisa estar lá às 19h para desfilar, mas tente chegar antes das 20h30min!

Quem não estiver fantasiado também pode participar por trás das barricadas que são montadas ao longo do percurso para assistir ao divertido desfile de fantasias e encenações. Clique aqui para saber mais e confira o trajeto no mapa a seguir:

New York City PASS - Save 40% to the 6 best New York Attractions!

Eu fiquei muito fascinada com a Village Halloween Parade logo que me mudei pra cá, no outono de 2013. Casualmente, estava fantasiada e acabei entrando no desfile meio que sem querer. Me diverti pra caramba caminhando pelo meio de tanta gente com figurinos criativos. As pessoas capricham muito por aqui! Não precisa nem estar na Sexta Avenida pra ver a cidade em clima de Halloween: os metrôs e principalmente a Union Square ficam lotadas de participantes. Aqui vão alguns registros:

Top of the Rock Observation Deck Save on Tickets!

img_9547

img_9596

img_9643

Central Park Sightseeing

img_9566

img_9664

One World Observatory - For Best Availability Purchase Tickets in Advance Online

img_9654

Advertisements

Carol Matzenbacher

Já morou em Indiana e Nova York, mas nunca perdeu o sotaque porto-alegrense e o bom humor. Em pouco mais de dois anos na cidade como jornalista freelancer, a Carol descobriu centenas de estranhos e desenvolveu mil e uma habilidades. Não necessariamente nessa ordem, ela é daquelas que produz, apura, filma, edita, desenha, anima e finaliza com uma pirueta tripla e um solo no violão. Você acompanha o trabalho dela por aqui, ou aos domingos, no programa Manhattan Connection.

Submit a comment

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s