Santacon: o dia de andar de bar em bar vestido de Papai Noel

Pouca gente sabe que existe um dia específico no ano para se vestir de Papai Noel e sair para beber pelos bares de Nova York. A brincadeira é grande: são mais de 50 estabelecimentos preparados para receber milhares de pessoas para o evento que começa às 10h e vai até as 17h deste sábado.

Os participantes do Santacon se reuniram esta manhã em frente ao Flatiron Building e, ao longo do dia, devem percorrer os bairros Flatiron District, Gramercy Park e East Village. Alguns bares dão até descontos para quem estiver vestido como o bom velhinho. Se você estiver na cidade e quiser participar da marcha,  a dica é acompanhar o perfil @Santacon no Twitter para ficar ligado no percurso do grupo. Prepare-se para ver uma multidão de jovens no clima de Natal mais ébrio que você já viu. Confira aqui um vídeo que dá uma boa ideia do evento.

No mapa a seguir, confira os mais de de 50 bares participantes em 2016:

A moral do Santacon é usar roupas natalinas e sair para desbravar bares da cidade, o que faz com que a data seja conhecida por reunir milhares de bons velhinhos completamente embriagados. A tradição começou em 1994 em São Francisco e chegou em Nova York em 1998, quando um grupo de 200 pessoas vestidas de Santa Claus invadiram a quinta avenida. Hoje em dia, o SantaCon é celebrado por mais de 30 mil participantes somente na edição nova-iorquina, dando à Big Apple o título de capital da tradição, que acontece em 49 países e 355 cidades.

santacon14-1
Foto: NYeater.com

Para muitos locais, a data já perdeu a graça, uma vez que uma série de bares ficam intransitáveis e acabam virando pontos de brigas. Mas, para quem acabou de chegar, é incrível ver uma legião de Papais Noeis marchando pela cidade.

Clique aqui e confira o site oficial do evento.

Advertisements

Carol Matzenbacher

Já morou em Indiana e Nova York, mas nunca perdeu o sotaque porto-alegrense e o bom humor. Em pouco mais de dois anos na cidade como jornalista freelancer, a Carol descobriu centenas de estranhos e desenvolveu mil e uma habilidades. Não necessariamente nessa ordem, ela é daquelas que produz, apura, filma, edita, desenha, anima e finaliza com uma pirueta tripla e um solo no violão. Você acompanha o trabalho dela por aqui, ou aos domingos, no programa Manhattan Connection.

Submit a comment

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s