Nova York é uma cidade passageira: tudo chega e tudo vai embora, nada é daqui

Quero começar essa conversa com duas frases que ouvi logo quando cheguei:
– Nova York é uma cidade passageira. Tudo chega e tudo vai embora, nada é daqui.
– Você não escolhe Nova York. É Nova York que escolhe você.
Viver por cinco anos em Nova York me faz perceber cada vez mais que isso é verdade.

Começando pelos meus lugares favoritos: no meio do ano passado, o restaurante italiano In Vino fechou as portas. Não fui tantas vezes lá, mas o suficiente para me sentir em casa. O lugar era rústico, com mesas pequenas e iluminação sutil. Preparavam todas as massas lá mesmo, com as combinações mais gostosas. A carta de vinhos era um show à parte: apresentava o mapa da Itália dividido por regiões e listavam de onde vinham todos os rótulos da casa. Nas outras páginas, cada região era ampliada citando seu tipo de terra e quais uvas mais se adequavam junto com o que esperar de cada garrafa. Durante o jantar, costumava guardar o cardápio para ficar lendo e aprendendo numa aula que encantava qualquer um interessado no assunto.

img_20161206_105517
Foto: Artur Gelumbauskas

No começo desse ano, soube que o meu segundo restaurante italiano favorito (All’onda) fechou as portas depois de somente dois anos e meio de operação. Já fui muitas vezes, tanto em jantares de negócio como com amigos próximos. Além de fácil de chegar porque ficava muito perto da Union Square, a comida tinha algo que não devo ver tão cedo: culinária italiana mesclada com ingredientes japoneses. Muito difícil explicar o sabor. Exótico é um adjetivo muito clichê para ilustrar o que o lugar significava. Além disso, era uma das próximas matérias aqui do NYlikealocal que, infelizmente, vai ficar apenas no desejo.

O último soco no estômago veio no domingo passado, quando marquei de ir ao Novecento, no Soho, e dei de cara com o lugar fechado permanentemente. E estava lá desde 1991! O Novecento, bem pertinho da sede da Globo em NY (minhas companheiras de site sabem muito bem!), era um restaurante argentino que tinha uma carne fenomenal, as melhores empanadas de Nova York (talvez por se parecerem mais com o nosso pastel) e era um ambiente muito bom de se tomar uma cerveja no verão. E como foi legal assistir aos jogos da Copa em 2014 ou as fases finais da Eurocopa no endereço!

20170115_122503
Novecento: desde 1991 servindo comida e cerveja argentina, fechado recentemente

E não são só os lugares que deixam saudade… pessoas vêm e vão o tempo todo. Pessoas que não são tão íntimas, que invadem sua vida e saem de fininho. Pessoas que são seus melhores companheiros e que deixam seus fins de semana mais vazios. Eu poderia citar tantos nomes que compartilharam tanto comigo. É estranho olhar as fotos de alguns anos atrás e ver que quem está na foto não está mais aqui.

Talvez a melhor forma de encarar essa constante mudança seja pensar que, exatamente por esses mesmos motivos, a cidade é o que é. A transformação deixa todo mundo mais tolerável e aberto às diferenças raciais, sexuais, políticas, econômicas: somos todos humanos, todos erramos e acertamos às vezes. Talvez seja encarar que a saudade do que não volta mais para cá é o que nos impulsiona a crescer e ir atrás do que nos fez feliz aqui um dia, que apesar de não estar mais fisicamente presente, está em nossas memórias; que Nova York, apesar de passageira, nos eterniza. Se eterniza.

Imagem em destaque: Ernesto Pletsch

 

Advertisements

Artur Gelumbauskas

Artur Gelumbauskas é paulistano orgulhoso da cidade onde viveu por 27 anos. Em Nova Iorque desde 2012, sua principal ocupação é a carreira em Wall St. Além disso, é músico (baterista), fotógrafo e tradutor. Como hobby, sempre viaja o Estado em sua moto e documenta tudo com suas lentes. Agora, também vai ajudar o nylikealocal.com compartilhando suas experiências! ////////// Artur Gelumbauskas is Brazilian proud of his Sao Paulo City where he lived for 27 years. In New York City since 2012, his main occupation is his career in Wall St. Besides that, he is a musician (drummer), photographer and translator. As a hobby, he is always travelling the state in his motorcycle and documenting everything through his cameras. Now it is time to help nylikealocal.com and share his experiences!

2 comments

Submit a comment

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s