De Connecticut até NYC: carro ou trem, eis a questão!

por Isabelle Vittori

Mesmo com o dólar nas alturas, um dos destinos mais procurados por nós, brasileiros, é Nova York. Até mesmo aquele parente que vem de longe visitar os estrangeiros que moram em estados vizinhos, como Connecticut e New Jersey, e que querem dar um “pulinho” ali em NYC.

“Será que tem como?”. Se a sua pergunta é a mesma que eu tive, aqui vai minha resposta: SIM! Tem como!!!

Em princípio, minha dúvida era se eu daria conta ir de carro. Será que fica mais em conta? É melhor ir de trem?

Bem, eu estava em Naugatuck, uma pequena cidade no estado de Connecticut. No meu caso, saindo da estação mais próxima, eu teria que fazer baldeação para então pegar o trem que me levaria até a Grand Central. Chegando lá, como meu destino final era Manhattan, eu teria duas opções – ou iria a pé, e claro, teria que pegar OUTRO trem! Pelos meus cálculos, esse percurso todo levaria em torno de 2h56, no mínimo.

De carro, lógico, sempre depende do horário por causa do trânsito, mas levamos em torno de 1h33min, e o GPS super ajuda. Me levou exatamente onde deveríamos chegar!

A minha facilidade na hora de planejar esse passeio a Nova York foi a de que temos um carro em casa, e meu marido estava disposto a nos dar uma carona até a cidade. Se você tem amigos que trabalham em Nova York, ou que estão dirigindo em direção à cidade, o que eu sugiro é exatamente o que eu fiz: usar o trem para voltar para casa.

grand-central-station-1252407_1920
Grand Central Terminal

Na Grand Central, pegamos o Metro-North Railroad e descemos em New Haven e, dali, voltamos de carro para casa. O percurso levou em torno de 2h até New Haven, o que achei bem prático e rápido.

Vamos aos gastos e facilidades:

TREM – Baixei um aplicativo que se chama MTA ETIX, que possibilita a compra antecipada do seu bilhete. Porém, preferi comprar na hora, na estação, porque ainda tinha dúvidas se voltaria mesmo de trem. Super fácil. Era por volta das 19h; partidas a cada 20 minutos. Paguei U$ 24,50 para um adulto e uma criança de 5 anos.

MTA_TIX

Carro – Joguei o endereço no GPS, de fato tinha trânsito. Levamos um pouco mais de tempo do que esperávamos, porém chegamos direitinho no local destinado. Gastei em torno de U$20,00, incluso o valor do pedágio na entrada de Manhattan que custa U$8,50.

Não é difícil de conhecer Nova York. As pessoas que vêm do Brasil visitar familiares por perto, não devem ir embora sem dar uma passadinha na Big Apple. A dica é: se você está sozinho ou com poucas pessoas, talvez seja melhor ir de trem, sempre buscando uma estação maior para facilitar as conexões. Mas se estão em, pelo menos cinco pessoas, é bacana ir de carro, estacionar em um lugar estratégico e bater perna por todo o entorno.

A nossa caminhada foi vasta: um aplicativo marcou quase 15km! Mas este é o grande barato de descobrir Nova York: passear por aí e se perder pelas ruas do centro do mundo.

 

Advertisements

NY Like a Local

Somos quatro brasileiros compartilhando a experiência de viver em Nova York. Todos os dias, descobrimos algo novo nesta cidade. Vamos ajudar você a não perder tempo com dicas furadas, para viver a cidade do jeito que ela deve ser. Como um local. Like a local!

Submit a comment

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s